person_outline
search

Indústria 4.0 no setor industrial – Muito além de máquinas.

O termo indústria 4.0 refere-se à quarta revolução industrial, e o conceito iniciou de um projeto estratégico de alta tecnologia do governo alemão. As primeiras revoluções industriais trouxeram  uma série de fatores que cercavam o desenvolvimento econômico e tecnológico, já a quarta revolução industrial, tende a permear o físico, digital e biológico gerando um impacto global  interligando  todas as necessidades sociais.

Essa Revolução tem como base os sistemas cyber-físicos, Internet das Coisas e o Big Data, priorizando a virtualização, modularidade e interoperabilidade de funções, através do gerenciamento virtual, proporcionando agilidade no processo e comunicação imediata e eficaz, desta forma otimizando tempo e recursos.

 Quando trazemos tais conceitos para o setor industrial, percebemos dois extremos:

01 Mecanismos cyber-físicos projetados para diminuir o tempo de produção e confecção de peças diminuindo o trabalho braçal, auxiliando a mão-de-obra e reduzindo desgaste físico.

02 Ao diminuir essa necessidade braçal e longa, se aumenta o tempo hábil para um contato mais humano com seus clientes, funcionários e fornecedores.

 Contradizendo o pensamento linear de que a tecnologia vem se apossando de recursos trazendo um distanciamento entre homem x máquina, quando na realidade a proximidade do conjunto proporciona um contato maior e qualitativo na sociedade de forma geral. 

Poderemos nos próximos anos observar máquinas em um nível de eficiência ativamente ligado ao nível de proximidade entre unidades, além do compartilhamento da informação entre setores diversos, reconhecendo as necessidades do usuário e conciliando com métricas para melhores resultados.

Fábricas poderão trabalhar em tempo integral através de inteligência artificial programadas para um gerenciamento prático, ágil, preciso e seguro, por meio da implantação de dispositivos interconectados e inteligentes em etapas da produção.   

A consequência deste evento não é apenas um aumento de possibilidades e recursos para trazer inovação, teremos o melhor e mais tecnológico do que existe no mercado para agilizar o processo, e então, ter mais tempo hábil e uma melhor qualidade de vida.

Caso se interesse em saber mais sobre o assunto acesse o artigo do SEBRAE.

Verifique abaixo nossos modelos de esteiras e otimize a funcionalidade processos e recursos na sua empresa.

FlexTOP® 

MaxTTOP®  

ModuBELT®  

PackNEC®  

PlanBELTS®  

Deixe um comentário

Aceita-se códigos simples em HTML